20 de março de 2010

Estrada do Avencal e Mergulhão

Na sexta o Du me chamou pra fazer um pedal nesse sábado, seria algo curto voltando pro almoço. Dessa forma encontrei com o Guilherme 07 horas na TagBike, de lá seguimos até o Capão da Imbuia, onde encontramos o Du, na sequencia buscamos o Lulis e por último o Thiago.
Seguimos pela 277 até um pouco após o trevo do contorno, onde entramos a direita pegando a estrada da roseira, muito poeira no início, mas logo a estrada melhorou.
No caminho o pneu traseiro da bike do Lulis explodiu, abriu um buraco.
Com isso, voltaram o Du e o Thiago pra pegar o carro e resgatar o Lulis, seguimos em três até o pedágio, onde o Lulis ficaria esperando o Du com o carro.
No pedágio encontramos muitos ciclistas, aproveitei pra tomar café.
A volta pela 277 seria muito chata, e com vento contra, dessa forma eu e o Guilherme voltamos pelo interior de São José, saímos do SAU passava das 10:30h. Voltamos um trecho pelo mesmo caminho e seguimos pela estrada do avencal, seguindo na sequência pro Mergulhão, passamos pelo pesque e pague do Cachimbo e voltamos pelo caminho do vinho, passamos pelo aeroporto e seguimos pra Curitiba, seguindo pela Marechal.
No terminal do Carmo o Guilherme seguiu outro caminho, eu continuei pela marechal, chegando em casa 12:15h com 79km.

6 comentários:

Renato disse...

Pelo estado do pneu ainda bem que ele apenas explodiu! Ô, seus mão de vaca, vamos comprar uns pneus novos...

Mildão disse...

ouw leandro? o Guilherme é o irmao mais novo ? ou o filho fora do casamento ?

:D

Luiz disse...

Putz, o pneuzinho estava feio hein!! Tem que avisar o Lulis que pneu também gasta :)

Fabrício Souza disse...

Em busca do pneu eterno? Acho que o Gassner também anda atrás de um pneu desses...

Lulis disse...

Ah? Pneu gasta? Capaz! Eu só trocava o meu de vez em quando porque enjoava dos desenhos!

há restas! CABUM!

leandroscholz disse...

pedal massa eim! pior foi esse pneu mesmo hahah

e eu que tava fazendo trabalho aqui demanhã. saco!

ehe abraço