9 de março de 2008

Colombo: Morro da Cruz

Fizemos hoje (domingo, 09/03) um pedal muito bacana. Foi curtinho mas com um visual muito bom.
Como sempre, saimos cedinho de Curitiba, logo cedo o Daniel passou aqui em casa e fomos juntos encontrar com o resto do pessoal no Passeio Público. Saímos 07:30h eu, Angela, Daniel, Daniel (outro), Vude, Raphael, Beto, Marli, João, e o Nelson. Chegando no terminal do Santa Candida encontramos com o Wagner e seguimos por uma rua paralela à Rodovia da Uva, passamos pelo bairro e logo pegamos estrada de chão, nos perdemos numa bifurcação e tivemos que voltar um trecho. Passamos por vários cachorros, enfrentamos poeirão, subidas, descidas, mais bifurcações até chegarmos na descida ao lado da Igreja Matriz de Colombo. Aproveitamos e paramos num boteco pra tomar um gatorade e descansar um pouco. Em seguida continuamos pela rodovia pra pegar a trilha que leva para o morro, acabamos passando reto pela entrada e fomos longe, tendo que voltar um bom trecho em seguida. Logo que achamos a entrada pro morro, enfrentamos uma subida muito puxada, alguns subiram pedalando, outros empurrando, outros chorando, e assim foi até o fim.
A subida é muito ingrime e com muitas pedras soltas, a Angela sofreu um bocado pra subir, fomos caminhando e paramos várias vezes pra tomar folêgo, enquanto isso aproveitei e tirei algumas fotos do lugar, que é muito bonito. Pouco depois já estávamos chegando no topo do morro onde realmente existe uma Cruz e o resto do que um dia foi uma capela. Os vândalos destruiram tudo, só sobrou a "casca" da capela.
Ficamos por ali pouco tempo e aproveitamos pra fazer um lanche e tirar mais algumas fotos. Pra descer, pegamos um caminho alternativo, uma trilha bem fechada, bem lisa, bem esburacada e bem legal. No final dela, todos estávamos cheios de coceiras. Já no finalzinho da descida enfrentamos uma grande poça de lama, havia um caminho desviando pela direita, todos passaram por ali, com exceção do Raphael, que quando vi já estava afundando dentro da poça. Saíndo da trilha pegamos mais estradinha de terra e voltamos para o centro. Paramos numa panificadora pra fazer um lanche/almoço com coca e sanduiche de queijo e presunto.
O pessoal que tinha horário pra voltar saiu antes e já pegaram a estrada direto pra Curitiba. Ficamos pra trás eu, a Angela e a Marli, como não tinhamos pressa viemos numa boa, paramos num posto de gasolina para usar o banheiro, e no meio do caminho um caco de vidro acabou furando meu pneu traseiro. Paramos alguns minutos para que eu pudesse remendar e logo continuamos pedalando. A Rodovia da Uva estava relativamente tranquila, o problema ali é o acostamento com muitos desníveis e muita sujeira, mas fizemos o trecho bem rapidinho e quando vimos já estávamos novamente no terminal da Santa Candida, seguimos pela canaleta até um pouco adiante do Terminal do Boa Vista e pegamos a ciclovia que segue com a linha do trem, o caminho por ali é bem agradável e na maior parte do trecho desce. Passamos por trás da Rodoviária e acabamos chegando em casa quando era 13:45h, a Marli seguiu sozinha pro Portão.
No total pedalamos 63km, foi um pedal muito bom, o pessoal estava super animado, o roteiro foi bem bacana e serviu de treino pra Angela, que está pedalando melhor a cada dia que passa.



Leandro

5 comentários:

pedaleiro disse...

Onze pessoas, que show! Eu hoje só fiquei na vontade!

Renato

Beto disse...

Galera,

O pedal foi show!
Valeu a companhia!

Daniel disse...

um tesao o passeio.
Muito Show.
Abraços

Anônimo disse...

Eu gostei de tudo, menos da subida... meu joelho reclamou muito naquela hora, hehehe mas cheguei bem em ctba, estou realmente gostandod e pedalar :)
Angela.Ester

Fabio Regina Dudu disse...

Nossa fiquei muito animado pedalar com vcs , mas não pude. Se tiver pedalada neste domingo23-03, eu vou com vcs.Fábio faredudu@hotmail.com