16 de agosto de 2007

Estrada da Graciosa

Dia 03-03-2007 saímos Eu, João e Wagner com destino a Estrada da Graciosa.
Marcamos na Praça das Nações, no alto da XV e saímos pontualmente as 06:00h com destino a Quatro Barras, passamos por Pinhais pela Estrada do Encanamento e seguimos até o Contorno Sul, por onde seguimos até a entrada da Estrada D. Pedro em Quatro Barras.
Fizemos a primeira parada para um suco e pão de queijo em frente a casa de uma senhora que insistia em nos contar sobre a Festa do Frango que acontecia na Região. Ouvimos sobre a tal festa, 1 2 3 4 vezes. Até que terminamos de comer e seguimos adiante.
A Estrada D. Pedro é muito bonita, possui 3 subidas que são conhecidas por alguns por Infernal 1, Infernal 2, e Infernal 3. São muito longas, e como o terreno é acidentado com muitas pedras soltas, ela fica mais pesada ainda. Mas o visual compensa qualquer esforço.
Seguimos por ela até a entrada da Trilha do Alemão, essa sim merece todos os elogios, uma trilha leve, toda calçada por pequenas pedras e com algumas poças de barro pelo caminho. Quem segue na frente vai comendo todas as teias de aranha deixando a trilha limpa pra quem vai atrás.
Essa trilha acaba no início da descida da Serra da Graciosa.
Iniciamos a descida com todo gás até a primeira parada no recanto Eng° Lacerda. Alí comemos Aipim Chips, Bala de banana e um bom Caldo de Cana.
Tiramos algumas fotos e seguimos serra abaixo. Agora descendo de verdade, uma curva melhor que a outra. Em alguns trechos a bicicleta chega fácil a 60km/h, não baixando de 20km/h nas curvas.
E assim chegamos ao nosso destino, a ponte de ferro sobre o Rio Nhundiaquara. Como estava calor, o banho de rio foi indispensável. Ficamos por um tempo alí nos refrescando e após isso fomos almoçar. Foram 3 pastéis com refrigerante para cada um.
Iniciamos a temida subida 11:54h. Subimos num ritmo tranquilo, paramos em todas as bicas para reabastecer as caramanholas e lavar o rosto, pernas, braços, cabeça, enfim, tomar banho.
Chegamos no portal junto a BR-116 as 15:00h, e dali viemos pelo asfalto até Curitiba, passando pelo Contorno Sul e Estrada do Encanamento novamente.
Fizemos a ultima parada na Praça das Nações (local de partida) para um caldo de cana, e dali cada um tomou seu caminho.
Cheguei em casa 18:30h com 137km rodados.
Passeio muito legal que vou querer repetir com certeza.

Fotos:


















Leandro

Um comentário:

Angela.Ester disse...

Coitadinha da tiazinha que nao parava de falar da festa do frango... ela devia estar carente.. heheheheeheh

Muito Bonita as fotos!