16 de abril de 2011

Toca da Onça

Durante a semana combinei com o Daniel para pedalar nesse sábado(16/04), o destino escolhido foi a Toca da Onça, lugar novo para ele. Saímos da Havan Barigui 06:40h, fizemos uma parada rápida pro café da manhâ no posto logo após o segundo viaduto de Campo Largo e seguimos até a estrada de cimento da Itambé, ali tive um furo no pneu traseiro. Como a preguiça estava grande, acabamos ficando um bom tempo parado arrumando o furo.
Voltamos a pedalar e logo entramos na Estrada da Faxina, várias subidas passaram e tive o segundo furo no pneu traseiro. Quando estávamos nos preparando pra voltar ao pedal, encontramos com o pessoal do Curitibikers, que estavam seguindo no sentido oposto ao nosso.
Fizemos mais uma parada rápida em um riacho, onde aproveitamos a água fresca pra lavar o rosto e o capacete. Dali pegamos o caminho pra Toca da Onça, dessa vez consegui pedalar a subida inteira. Ficamos mais um tempo parados na toca pra tirar algumas fotos do lugar e da toca.
Saindo da toca seguiriamos por uma trilha que termina dentro de uma pousada. Fomos tentar um atalho pra ver se economizariamos algumas subidas, mas no fim não teve muita vantagem, acabamos tendo que subir um morro abrindo caminho no mato carregando as bikes.
Após muitas subidas, campos minados pelas vacas, rebanho de vacas nos encarando, e muito barro, chegamos na Estrada do Cerro, que nos levou até nosso almoço, ao lado do portal de São Luiz do Purunã.
Até o horário do almoço o tempo estava fechado com bastante nevoeiro, no entanto quando pegamos a estrada novamente a tarde, o sol estava de rachar. Fizemos uma parada no pedágio pra pegar água e depois seguimos direto pra Curitiba. Chegando no Barigui fomos tomar um caldo de cana.
Antes de ir pra casa passei na oficina e dei uma lavada na bike, do jeito que estava não dava pra entrar em casa.
Números do pedal:
- Início: 06:20h.
- Término: 17:05h.
- Tempo pedalando: 06:18h.
- Média: 18,2km/h.
- Máxima: 62km/h.
- Distância: 114,45km.
- Altimetria acumulada: 1.541m.
- Problemas: 2 pneus furados.
- Despesas: R$26,00 (lanche + almoço).

2 comentários:

Jopz_B1B disse...

Faltou só a foto da ONÇA!

E pelo visto vc está se especializando em abrir trilhas no peito, no proximo pedal além da chave de catracas vou levar um facão... quiça uma FOICE!

show de imagens... lembrei de vcs a tarde qdo vi o céu azul e o sol rachando...

intepz,

JOPZ

Rogério Borato disse...

e a tao falada onça,nao apareceu?parabens pelo passeio,bem detalhado relato.abraççosss