16 de dezembro de 2010

Volta pelo interior de São José dos Pinhais

Choveu a semana inteira, mas nessa quinta o tempo deu uma trégua e acabou saindo um pedalzinho bacana. Saí de casa 07:40h e fui encontrar o Guilherme, que teve problemas com a corrente da bike e se atrasou. Encontrei ele na Linha Verde já passava das 08:00h, de lá seguimos por dentro do Hauer, pegamos a Marechal e seguimos pro centro de São José.
Atravessamos o centro rapidamente e logo chegamos no Caminho do Vinho, já no início pegamos estradas rurais já conhecidas de outros pedais.
Passamos pela Coônia Murici e seguimos até a Igreja de Gamelas, paramos uns minutos pra comer algo e seguimos adiante pela Estrada do Avencal.
Fizemos uma volta bem legal terminando no pesque e pague do cachimbo, aproveitamos e almoçamos lá. Espetinhos de tilápia com queijo, coca gelada, e um bombom de sobremesa (que foi devorado no pedágio acompanhado de um cafézinho).
A partir desse momento o Fabricio veio pedalar também, passamos pela entrada da trilha do cachimbo, mas a trilha não existe mais, com isso seguimos até Borda do Campo e pegamos a 277 até o pedágio.
Saíndo do pedágio pegamos a estradinha que leva pra Fazenda das Araucárias, a estradinha é muito bonita, só esse trecho já valeu o pedal todo. Porém, a estrada acabou dentro de uma propriedade particular, e o pessoal não gostou muito da gente passar por lá. Acabamos voltando pelo mesmo caminho até a 277 novamente. Nesse trecho meu pneu dianteiro furou, uma pedra cortou o pneu e a câmara.
Fazia tempo que não pedalava na 277, acho que por isso acabei esquecendo como é chato pedalar por ali, com chuva a situação piora de vez. Seguimos um trecho nela e saímos no contorno. Fizemos a volta por dentro de Pinhais.
Erramos uma rua, descemos bastante, quando chegamos no fim da rua tinha um rio e tivemos que subir tudo novamente. Nesse trecho foi a vez do Fabricio furar o pneu traseiro, e logo adiante o Guilherme teve problemas com a corrente mais uma vez.
Passamos pelo centro de Pinhais, pegamos um trânsito bem bagunçado e voltamos pela Afonso Camargo. Cheguei em casa 18:00h com quase 107km e 990m de subidas acumuladas.

3 comentários:

Fabrício Souza disse...

Agora sim, comentários liberado.

Valeu o convite, e feliz aniversário.

Abraços

daguvasco disse...

Que inveja viu?
Quando eu for grande tbm vou pedalar quando me der na telha.
aduhasduahdhaudahduahdausdhaudhaud
Felicidades brother
Aquele

Jopz_B1B disse...

FALA KAMARADA!

Niver do Leandruxo? ALOKOS, PARABÉNS.

quanto ao pedal a pergunta que não quer calar... ACHOU MINHAS LARANJAS?

legal o roteiro, mas 106km não dá pra chamar de pedalzinho... 3 digitos é cousa de gente grande. Eu fui pra campo largo (trabalho espiritual) de charanga mesmo e tomei foi CHUVA.

intepz,

JOPZ