11 de setembro de 2010

Estação General Lúcio

Durante a semana eu e o Daniel ficamos combinando um pedal para este final de semana, o roteiro escolhido foi na região entre Araucária e Campo Largo, tendo como objetivo visitar a estação de trem de General Lúcio, que está desativada a alguns anos.
Saímos então 07:00h da TagBike em três: Leandro, Daniel e Thiago. Subimos para o Água Verde e pegamos a canaleta da República Argentina, por onde seguimos até a Igreja do Portão, ali encontramos o resto do grupo: Jopz e Guilherme.
Para chegar em Araucária fizemos o caminho de sempre, descemos a João Bettega e pegamos a Av. das Araucárias, já no comecinho pensei em passar pelas trilhas que o Jefferson nos mostrou na última ida pra região mas desistimos logo no começo, tinha um pessoal suspeito e achamos melhor não dar sorte pro azar. Chegando no centro paramos numa padaria em frente a praça central pra tomar café da manhã: Croissant e café com leite. A padaria parece ser administrada por um casal de idosos, que mesmo com a nossa presença não se importaram em trocar gentilezas. Uma ternura só!
Saíndo do centro seguimos por algumas estradinha já visitadas anteriormente até chegarmos em Guajuvira. No caminho o Daniel teve o pneu traseiro furado.
Após Guajuvira fomos tentar um atalho, tudo estava indo muito bem até aparecer o primeiro morro, como a ferrovia estava ao lado, fizemos um atalho no atalho, pedalamos alguns trechos pelos dormentes e empurramos outros. Nesse trecho presenciamos uma video-cassetada ao vivo, o Guilherme caiu de maduro nos trilhos. Estávamos tentando nos apoiar um no outro para pedalar emcima dos trilhos mas não deu certo, sorte que o Jopz tinha Tylenol.
Após sairmos da ferrovia voltamos ao primeiro atalho, nos perdemos um pouco mas logo achamos o caminho correto, e não teve jeito, tivemos que encarar mais algumas subidas até voltarmos pra estrada principal.
Passamos algumas bifurcações e descemos até a ferrovia novamente, agora para conhecer a Estação de General Lucio, que além de desativada está abandonada. Quando chegamos apareceram algumas pessoas que estavam dentro da estação, então não demoramos e logo saímos de lá.
Passamos por estradinhas secundárias até chegar em Formigueiro, onde aproveitamos uma mangueira e abastecemos as caramanholas e mochilas com água. Nessa altura todos estavam com fome e cansados, e ainda estávamos longe de Campo Largo. Passamos ainda por Rio Verde Abaixo e saímos na estrada que liga a 277 com Araucária. Erramos o caminho, deveriamos passar pela Colônia Balbino Cunha e só depois atravessar a estrada, e não pedalar nela.
Essa estrada é péssima pra pedalar, não tem acostamento e o asfalto é todo esburacado, juntando isso ao fato de estarmos cansados, o pedal não rendeu nesse trecho.
Paramos em frente a uma fábrica e comemos algumas bolachas do Guilherme e do Daniel, e logo após seguimos sentido Campo Largo, passamos ainda por dentro do Parque Cambui. Fizemos duas trilhas e saímos a procura de um lugar pra almoçar.
Rodamos pelo centro de Campo Largo e só encontramos lanchonetes, queriamos almoço. Com isso cometemos o erro de ir novamente a Churrascaria Quinta, no caminho até lá passamos por um atropelamento de um ciclista, a bike toda amassada, o parabrisas do carro afundado e uma poça de sangue no asfalto. O ciclista não estava mais no local, provavelmente foi levado de ambulância.
O almoço estava bem fraco e muito caro, dinheiro jogado fora. Após o almoço ficamos alguns minutos descansando.
Voltamos direto pela 277, paramos na salada de frutas e logo após isso o Jopz se separou do grupo, foi encontrar a esposa que estava no Monar, próximo de onde estávamos. A volta foi tranquila, no ritmo que as pernas permitiam, pegamos muitos trechos de terra fofa e costelas de vaca, isso acabou atrapalhando um pouco.
Terminei o pedal 16:50h com 107km.

9 comentários:

JR disse...

PÔ......
reativou os passeios???
meu, me avisa!!!
hehehehe


tou na espera, eu e o Luquetta...
falou!!!

Pedro disse...

Nem convida mais... panelinha! ;)

daguvasco disse...

Caraca brother que pressa...
Eu nem baixei o video ainda.
Bom ja ja eu posto no blog.
Estava precisando pedalar novamente.
Foi muito show.
Até o proximo.
Aquele

Anônimo disse...

Panela, panela, panela!! :-)

Putz, como eu queria conhecer estes lugares :-)

Abraços!
Rodrigo Stulzer
transpirando.com

Jopz_B1B disse...

OPAZ, aquela estação GEN. LUCIO deve estar desativada alguns SECULOS e não ANOS ha ha ha... valeu o relato, tinha esquecido do ciclista atropelado, já vou corrigir o meu e aproveitei para roubar duas fotos que serão devidamente creditadas... maldito celular parou de funcionar e fiquei sem registro de boa parte do pedal... MAS O QUE IMPORTA É O QUE FIKA NA MEMORIA E NA LEMBRANÇA !

VALEUZ,

JOPZ

Renato disse...

Panela!

lulis disse...

Belo pedal, tag!

Até onde sei o panelão não aconteceu: (http://cicloturistaurbano.blogspot.com/2010/07/recanto-trilha-e-cachoeira.html) =)

Hábraços!

Fabrício Souza disse...

Panela?!?!?!?! Será?!?!?!

Rogerio Borato disse...

Muito legal o relato,e local bem agradavel para pedalar. abraççossss