16 de setembro de 2007

Ponte dos Arcos III

Mais uma vez fui para a Ponte dos Arcos, agora com o pessoal do curitibikers.
Saímos as 13:30h do Parque Barigüi no último sábado (15-09-07) e seguimos de carro até a Fazenda Thalia. Começamos a pedalar a partir dali, o caminho até a ponte já era conhecido de outras passagens, cruzamos o riozinho, enfrentamos a longa subida e por fim, chegamos rapidamente na ponte. Enquanto chegávamos passava um trem, atravessamos ela rapidinho e subimos para o local onde almocei da ultima vez que estive por lá.
Pulamos a cerca e pedalamos pelo pasto até encontrar com uma estradinha que nos levou até a sede de um pequeno sítio. Alguns aproveitaram para reabastecer as caramanholas, continuamos por outro pasto, descemos muito e acabamos em lugar nenhum. Como voltar não seria legal, e seria pra cima, o pessoal resolveu entrar no mato e encontrar um caminho "alternativo". Não havia caminho, tivemos que pular outra cerca, dessa vez enferrujada, atravessamos o Rio dos Papagaios num trecho estreito, raso e com muitas pedras, o que facilitou muito a travessia.
Como descemos muito, agora tivemos que subir um pouco mais do que descemos, porém, carregando as bicicletas, após muitos minutos subindo morro chegamos no final de uma estradinha de terra. O visual da região é muito bonito, dali podiamos avistar a Ponte dos Arcos e toda região ao redor.
Essa "escalada" carregando a bicicleta tirou minha energia, enfrentamos uma sequência de subidas e descidas, uma pior que a outra. Alguns passavam tranquilamente por elas, outros (como eu) sofriam a cada metro vencido. E assim foi, subida após subida até que de longe avistamos o asfalto da BR277, pra mim, um alívio. Entramos na rodovia quase em frente ao Posto da Polícia Rodoviária no trevo que vai para Irati. Foram aproximadamente 6km de asfalto com 3 longas subidas, o sol já havia ido embora quando cheguei ao pedágio e parei pra descansar junto com um colega. Haviam ainda os 5km entre o pedágio e a Fazenda Thalia, onde estavam os carros, por sorte, pedalei apenas 3km e encontrei o Fabricio no caminho voltando com o carro. Penduramos minha bicicleta no Transbike e viemos pra Curitiba. Pedalei os ultimos 6km até minha casa, cheguei 19:45h com 66km no ciclo.
Apesar do cansaço, foi legal por ter conhecido um novo caminho pela região, ter visto lindas paisagens, e compartilhado a alegria e companheirismo que é o Curitibikers.



Leandro

3 comentários:

Angela.Ester disse...

videozinho do rio que passamos....
só que eu nao molhei os tênis quando passei... :)
joguei eles pro outro lado do riozinho e passei descalsa com a bike do lado.. hehehe

Dr. Strangelove disse...

Ow cara, legal o blog, ficou bem escrito o texto "..acabamos em lugar nenhum." ehehhehe
Espero poder pedalar mais com vocês, e qualquer plano diferente relacionado à bike sou parceiro aí.
Abraço, Rafael

Leandro Tagliari disse...

BELEZA! Vamos marcar outros pedais co m certeza.
Leandro